A todos um bom Natal sem Açúcar (empacotado)



Anda para aí um bichinho, plantado (mais uma vez) por uma reportagem pouco* sensacionalista, onde se diz que não há açúcar suficiente para este Natal.
Este bichinho cresceu, cresceu, e o medo de que este ano não haveria aquela areia preciosa, para as rabanadas da avó, e para o arroz doce, fez desesperar meio mundo (entenda-se como Portugal).
O que seria do Natal sem as frutas cristalizadas, sem os troncos de chocolate, sem toda e qualquer guloseima, que se compram ou fazem para “as crianças lá de casa”, como costuma dizer o comum guloso de meia idade.
O mais engraçado desta situação, é que ainda há menos de uma semana, durante algumas compras semanais, estava para comprar açúcar, e reparei que havia muito menos pacotes do que o habitual. E ao chegar a casa, brinquei com a situação, dizendo que havia falta de açúcar.
Ora, alguém me deve ter ouvido, porque a falta de açúcar é agora a noticia da semana.

*sarcasmo 😛

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s