Lasers de Grafeno lutam contra o Cancro


Lasers

A lista das possíveis aplicações para o grafeno parece não ter fim e continua a surpreender.

Em 2009 na Universidade de Cambridge, durante uma investigação foram descobertas as propriedades de absorção de luz do grafeno, ao aglomerar os átomos sob a forma de hexágonos, actuando como uma esponja sobre a luz.

Em 2011, uma equipa de investigadores portugueses da Universidade de Aveiro publicou um artigo sobre a aplicação do grafeno na detecção de células cancerígenas e das suas propriedades de absorção de luz na região próxima do infravermelho, permitindo destruir as células doentes através da emissão de calor localizada.

O que têm estes dois estudos em comum? Ambos seguem os princípios do funcionamento dos Lasers, como foi recentemente comprovado por uma parceria entre investigadores do Reino Unido e da Suiça.

A nova propriedade “redescoberta” recentemente, permite criar lasers a partir de grafeno, com emissão de luz de qualquer cor e simultâneamente reduzir o custo e tamanho dos lasers, aumentando o número de aplicações possíveis para este material. Das redes de comunicações, às aplicações mecânicas e medicinais, o grafeno poderá trazer-nos um futuro mais ecológico e saudável.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s